Minha foto
MG, Brazil
"Se tivesses acreditado nas minhas brincadeiras de dizer verdades, teria ouvido as verdades que insisto em dizer brincando..."

Pesquisar

Os textos preferidos...
As letras das músicas...
Meus pensamentos...
Pensamentos que traduzem os meus...
As piadas...
As imagens...
Os vídeos...

Aproveite e descubra um pouco mais de mim...

É preciso muita poesia na alma para encarar...
É preciso muita fé no ser humano para suportar...
É preciso muita luta interna para não desanimar...
E é preciso, antes de mais nada, ser um eterno aprendiz para só assim aprender a ensinar!


"Me interprete como quiser... Me veja da sua maneira... Pode me julgar. Só não espere que eu seja isso que você pensa!!!"



domingo, 17 de outubro de 2010

Aos Mestres OBRIGADO, OBRIGADO E OBRIGADO...

Esse professor aí debaixo te lembra alguém?!?!?!? A mim sim...

Passei o dia do professor matutando, brincando com minha memória que, graças a Deus, é privilegiada.
Fiquei me lembrando dos meus professores, meus Mestres, sabe, aqueles que conseguem nos ensinar, não só os conteúdos disciplinares, mas o conteúdo da vida. Tive a honra de conhecer e conviver com alguns assim.
Me lembro de uma professora de História que, na minha visão de menino, era uma mulher imensa, quase assustadora, mas que tinha uma doçura no olhar e no modo como tratava seus alunos que me conquistou na primeira aula e se manteve presente na minha memória, ou aquela professora de Educação Artística (hoje Artes), magrinha, miudinha, com um cabelo imenso, liso, negro, como o de uma grande cantora da época (Perla), e que dentro da sala de aula parecia contagiar as pessoas com a sua paixão, era incrível como todos nós queríamos atender às suas solicitações e participar da forma mais efetiva dos trabalhos propostos, tentando fazer o melhor, dividindo com os colegas, solicitando a atenção dela e conseguindo, não só a atenção, como também o incentivo, pois nunca a ouvimos desvalorizar as tentativas de qualquer aluno que fosse. Nunca ouvimos a voz dela se alterar em todas as aulas que tivemos.
Tinha aquela professora de Física, que pra mim era uma coisa do outro mundo, aquela "mana" que ia tomar uma com a turma depois da aula, que curtia as mesmas músicas que a gente, e com seu jeito de ser,  não só me ensinou a matéria como também a gostar dos cálculos, ou ainda aquele professor de Geografia, que me mostrou que não existiam só os relevos, climas, hidrografias e vegetações no mundo Geográfico, me ensinou - numa realidade onde não lhe era permitido isso - toda a extensão que a Geografia pode ter e de fato tem na vida das pessoas.
Tantos outros foram importantes que se fosse falar de cada um deles esse relato ficaria grande e tedioso demais, pouco coerente para a época em que vivemos.
Fiquei pensando o quanto os meus Mestres tiveram importância na formação da pessoa que sou hoje, o quanto eles contribuíram para que eu tivesse a postura que tenho hoje com meus alunos, com meu trabalho, com a minha vida e as pessoas que dela fazem parte, e conclui que foi fundamental.
É por isso que me apaixono pela profissão que escolhi, ou que me escolheu, a cada dia, a cada pequena vitória que consigo com meus alunos e comigo mesmo, independente das circunstâncias, das críticas e das desvalorizações.

Aos mestres...

OBRIGADO.

Luciano Rodrigues Gallo





Nenhum comentário: