Minha foto
MG, Brazil
"Se tivesses acreditado nas minhas brincadeiras de dizer verdades, teria ouvido as verdades que insisto em dizer brincando..."

Pesquisar

Os textos preferidos...
As letras das músicas...
Meus pensamentos...
Pensamentos que traduzem os meus...
As piadas...
As imagens...
Os vídeos...

Aproveite e descubra um pouco mais de mim...

É preciso muita poesia na alma para encarar...
É preciso muita fé no ser humano para suportar...
É preciso muita luta interna para não desanimar...
E é preciso, antes de mais nada, ser um eterno aprendiz para só assim aprender a ensinar!


"Me interprete como quiser... Me veja da sua maneira... Pode me julgar. Só não espere que eu seja isso que você pensa!!!"



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O poder da Escolha

Pra que serve este poder de que dispomos senão o colocamos a nosso serviço?
Por que devemos estar plenamente conscientes de nossas escolhas quando nos utilizamos deste recurso para escolhermos pessoas para representar os nossos interesses?
É realmente importante estarmos atentos ao que nos prometem os candidatos a cargos eletivos enquanto estão em campanha, pois quando os ouvimos podemos até mesmo jurar que eles realmente pensam na coletividade, trabalham para o bem comum, apresentam projetos que visam um crescimento quantitativo e qualitativo de nossa sociedade, etc., mas e depois, eles cumprem o prometido, ou simplesmente se esquecem daquilo que disseram, pois já resolveram o seu problema maior, ser eleito para ganhar uma “graninha” fácil sem fazer muito esforço?
Acredito que nós não devemos simplesmente observar e cobrar o cumprimento de promessas que já foram feitas, apesar disso ser fundamental o que devemos fazer, antes de qualquer coisa, é estar atentos para aquelas pessoas que realmente estão interessadas em melhorar as nossas vidas, nossa comunidade. Devemos conhecer bem aquele que promete, pois se assim o fizermos poderemos selecionar melhor as pessoas que irão definir os nossos destinos enquanto cidadãos poderemos fazer como o empresário que escolhe a dedo aqueles a quem deve confiar os destinos de sua empresa. Ninguém, além de nós tem esse poder, porém por desconhecimento de que o possuímos, por certo comodismo e até mesmo certa preguiça, deixamos de exercê-lo.
Você pode me dizer assim, isso é muito fácil de falar, mas na hora de fazer é que o bicho pega. E eu te diria que você tem razão, é uma tarefa difícil e tremendamente desgastante, mas até quando vamos permitir que outras pessoas decidam o que é melhor pra nós, quando iremos nos conscientizar que o nosso destino, bem como o destino da nossa comunidade está tão somente em nossas mãos. Nós podemos, aliás, devemos colocar somente os melhores para nos representar e isso é um direito por nós conquistado, e, principalmente um dever a ser exercido.
Durante muito tempo eu fiquei calado, não questionei, não lutei pelos meus direitos, me omiti, me tornando assim qualquer coisa dentro da minha sociedade, exceto um cidadão participante e que se importa, não apenas comigo, mas com o crescimento da minha cidade, porém, agora não consigo mais me calar, não posso, não quero e não vou assistir a tudo em silêncio, vou lutar pelos meus direitos de cidadão.
Por pouco que os meus questionamentos e cobranças incomodem aos que se acomodaram em posições confortáveis, por menos que a minha voz seja ouvida pelas pessoas que pagam por sua omissão, como eu paguei, muitas vezes sem saber, se eu puder com as minhas palavras convencer uma pessoa que o nosso crescimento depende única e exclusivamente de nós, que nossas vidas somente são decididas por pessoas que se importam somente em suprir as próprias necessidades é porque permitimos isto, eu terei atingido o meu objetivo.
Internamente pense na pessoa na qual você depositou a sua confiança e responda:
O que está pessoa fez ou pelo menos tentou fazer por “NÓS”?
Eu mudei, você também pode ...
Encontramos-nos num futuro melhor ...

Luciano Rodrigues Gallo

Nenhum comentário: